Para educação não tem receita pronta e atualmente é mais difícil do que parece. Uma criança que constrói sua inteligência emocional com a ajuda, alcança inúmeros benefícios e vantagens, como maior autoestima, capacidade de comunicação, resiliência e autonomia. Mas como ajudar  emocionalmente?

Para crianças, esse desabafo é uma forma de comunicação importante.

Com as crianças é natural que surjam sinais de frustração, irritação e, principalmente, falta de paciência. Mas tudo fica mais simples quando se conhece o desenvolvimento infantil e há acolhimento e uma permanente construção de vínculos afetivos com os bebês e as crianças – um trabalho fundamental, que começa desde os primeiros dias de vida do bebê.

Logo notamos a importância do brincar junto e do estar próximo,  atento às realizações e descobertas dos pequenos, impor limites na hora certa, gera tranquilidade e faz o pranto diminuir”,  . “O carinho gera ganhos consideráveis em termos de autonomia

Um simples Sim ou Não, tomar  proporções imensas, com direito a gritos, sacudidas pelo chão e soluços sem fim.  Deixar a criança sem controle e não vai adiantar.

A criança não sabe o que esta sentindo e expressando com seu corpo, neste momento melhor é mostrar que entende o problema e pedir que ela respire fundo, lave o rosto e sente no seu colo, passando a mensagem de que você confia que ela vai se acalmar.

A inteligência emocional é a capacidade de entender, tomar consciência e manejar nossas emoções e as emoções de outras pessoas. Partindo desta definição, pensemos: O que são as emoções?

Temos 4 emoções primárias, raiva ou ira, alegria, medo e tristeza, mas também    outras 4 emoções como secundárias: amor, surpresa, vergonha e aversão.

Reconhecer suas emoções e reconhecer as emoções de outras pessoas é um passo muito importante na construção de habilidades sociais como empatia, amizade e respeito, sem contar que aprenderão sobre a importância de falar sobre os seus sentimentos, e receberão ferramentas para administrá-los (regulação emocional)

Com os pequenos,  podemos usar figuras e o espelho representando emoções, fazer sonorização de histórias, aproveite também situações do dia a dia onde  podemos fazer atividades dirigidas para nomear as emoções e desenvolver competências sociais

Jogos:

Com crianças maiores, podem fazer como vivi morto mas falando as expressões que terão que realizar ou colocar fichinhas como jogo da memoria, mas cada um tem a sua no final da música terão que achar seu par(mas não devem mostar e sim realizar as emoções)

Jogo das emoções  para trabalhar com as crianças maiores

Em equipe: Divida a classe em 6 ou 12 equipes. Entregue uma ficha a cada equipe. Determine um tempo em que cada equipe deve responder e completar as propostas contidas nas fichas. Depois se pode dar um tempo para que cada equipe apresente as suas respostas a toda a turma, assim todos aprendem. Individual: Coloque as fichas pegadas no quadro ou na parede. Faça com que cada um tire uma vez o dado, para que escolha uma ficha e depois volte a tirar o dado para responder uma pergunta. Será uma maneira divertida de aprender sobre as emoções e todos podem participar. Também seria legal colocar as fichas pegadas na parede, e fazer esse exercício todos os dias, ou alguns dias da semana, com a participação de um ou dois alunos por dia.

link para imprimir as fichas: CLIQUE AQUI

JOGO DA MEMÓRIA

Este é o jogo da memória com  desenhos de expressões faciais de emoções.  Imprima e cole em cartolina. Pinta ou peça à criança que pinte as fichas, escolhendo uma cor para cada emoção. Depois só basta recortar as fichas, misturá-las, colocando-as com o desenho para baixo. Ganha o jogo quem conseguir encontrar o maior número de pares de emoções. Pode ser jogado individualmente ou com outra pessoa. Professores, vocês também podem jogar  com os seus alunos, dividindo a sala em equipes, ou através de torneios entre dois alunos. NÃO SE ESQUEÇA – primeiro deve ser trabalhado o que é as emoções para jogar! Para baixar o jogo CLIQUE AQUI

 

O pote das emoções

Começando com história

O Monstro de Cores

O livro conta a história do monstro de cores, cada cor simboliza um sentimento: Tristeza (azul),  Medo (negro),  Raiva (vermelho),  Calma (verde), Alegria (amarelo), Amor (rosa).

Uma menina encontra o Monstro todo colorido, simbolizando que todos os seus sentimentos estão misturados e por isso ele se sente confuso. Ela explica-lhe que é necessário ordenar os sentimentos, separa-los de acordo com as suas cores. Explica como funciona cada sentimento.

Com essa história as crianças aprendem a identificar os sentimentos de acordo com o que sentem no momento. para ver a história Clique Aqui     outro exemplo:  Clique Aqui   e  clique Aqui

Foi escrito e ilustrado por Anna Llenas. Se você quiser pode conhecer outros livros dela no seu site e também pode seguir o seu blog.

Atividade:

Vamos fazer um pote para cada sentimento, colocamos etiquetas com os sentimentos escritos nelas. Cortamos papel com as mesmas cores e quando alguém esta sentindo raiva, por exemplo, escrevemos o sentimento no papel vermelho, conversamos sobre como ele está se sentindo e colocamos o papel dentro do “Pote da raiva”.

Depois disso nos abraçamos (porque ele aprendeu que o carinho remove os sentimentos ruins), e chegado a esse ponto toda a raiva que ele sentia já se dissipou. Esse exercício ajuda a criança a falar e enfrentar os sentimentos negativos e a desfrutar dos sentimentos positivos. 

Bibliografia: Estas atividades foram desenvolvidas por Claudine Bernardes

 

Soprado as emoções

Vai precisar de um copo plástico,  um canudinho um saquinho plástico.

Desenhe a emoção no saquinho, podendo ser a cor que desejada ou que já esta trabalhando.Faça um furo no copo plástico, prenda o saquinho dentro do copo,  coloque o canudinho no furo,  quando estiver sentindo algum sentimento pegue o copo correspondente e sopre, a proposta é que ao soprar o sentimento seja libertado do seu casulo, trazendo bem estar. CLIQUE AQUI

 

construindo um bichinho

vai precisar de pratinho de isopor, um saquinho plastico tinta para colorir a cor da emoção

View this post on Instagram

Vamos brincar e praticar respiração ? . . ?Liçãozinha – Atividades pedagógicas no link do meu perfil . . ?Siga @atividades.infantil para não perder nenhuma dica . . .#Repost @elaileaktiviteler • • • • • • . . #atividadesparacrianças #atividades #atividadespedagogicas #atividadesludicas #atividadesensorial #atividadeinfantil #atividadesinfantis #atividadesemcasa #atividadesescolares #atividadeseducacaoinfantil #atividadespsicopedagógicas #atividadesquarentena #alfabetização #alfabetizaçãoeletramento #alfabetizaçãolúdica #alfabeto #alfabetizar #alfabetizacaoinfantil #alfabetizacao #alfabetizadora #educacaoinfantil #educaçãoespecial #montessori #montessoriano #jogoscriativos #jogosinfantis #maes #maedemenino #maedemenina

A post shared by Dicas de Atividades Infantis (@atividades.infantil) on

 

Comentários

Deixe uma resposta